"Quem é você, Alasca?" John Green



"...se as pessoas fossem chuva, eu seria garoa e ela, um furacão."
"Miles Helter é um adolescente fissurado por célebres ultimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa.Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rebelais, quando estava a beira da morte, chamou de "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez"."

Miles ao entrar na nova escola se depara com um novo mundo a ser descoberto, drogas, bebidas, sexo, e a unica regra entres os alunos é "Nunca dedure!!". Nessas descobertas ele faz amizade com o Coronel, seu amigo de quarto que o apresenta para a Alasca, onde junto com Miles vão construindo uma relação muito forte ao longo da historia, assim eles acabam dividindo as suas ultimas palavras. O ruim de falar muito sobre o enredo da historia é que pode acabar em spoiler e isso não é legal, pois muita gente não gosta.
O livro é dividido em duas partes, o Antes e o Depois e essa divisão faz toda a diferença para o curso que a historia tem no final, esse é um dos poucos livros nos quais me causou muitas sensações que não consegui explicar a sua existência, de felicidade e tristeza. 


O livro tem uma narrativa tranquila e constante, podemos seguir lendo a tarde inteira que não iremos nos sentir cansados. Como disse ele é dividido em duas partes onde facilita a compreensão dos fatos ocorridos e dá um outro sentido pra historia. "Quem é você, Alasca?" acabou se tornando um dos meus livros preferidos do John Green, super me identifiquei em algumas partes da historia e já está na estante em um lugar especial.
Espero que gostem dessa resenha simples de um livro tão maravilhoso que logo mais vai virar filme. Se quiserem podem compartilhar comigo como foi a leitura livro, o que acharam e essas coisas! É isso 3bjks♥

Série - Unbreakable Kimmy Schmidt.



Unbreakable Kimmy Schmidt é uma série de televisão de comédia norte-americana original Netflix. A série conta a historia de Kimmy, uma mulher toupeira que está descobrindo/vivendo Nova York, Kimmy aos seus 15 anos acabou presa em um bunker com 3 mulheres e um pastor, que as convencem de que o apocalipse está vindo que elas estariam salvas ali, depois de 15 anos são salvas por uma equipe da SWAT.
Diferente das suas outras companheiras Kimmy resolve ir para Nova York com uma ideia fixa de que tudo é lindo e maravilhoso mas acaba enganada. Chegando em NY depois de alguns perrengues, consegue um emprego e arranja um amigo chamado Titus que vive altas aventuras, Kimmy com seu bom humor e seu otimismo, ultrapassa as barreiras que aparecem em seu caminho.


A série é super divertida, trás referências a cultura pop e aos anos 90, e está na lista das minhas séries preferidas. Como sabem está disponível no Netflix com 13 episódios de 22 minutos cada (se caçar online tem também). A segunda temporada já está a caminho, o que nos resta é esperar ansiosamente pela segunda temporada cheias de aventuras da minha ruiva preferida ♥

Resenha "Para sempre Alice"



O filme trata de um assunto forte sobre a doença "Alzheimer", mais também friza sobre outros vários assuntos que nos fazem refletir sobre nosso tempo breve de vida. Alice é uma professora muito renomada, sua brilhante mente carregada de cálculos e imensos conhecimentos. Sua familia não é a mais unida do mundo, mais ela tenta sempre reuni-los, apoia-los, aconselha- los e acima de tudo os amar. Sua filha Lydia (Kristen Stewart) vem sempre ignorando as conversas e decisões da mãe quando se trata de " faculdade" Alice quer que a filha seja alguém na vida. A relação complicada melhora depois que a doença já vem atingindo toda a familia. Uma das piores partes do filme na minha opinião acontece quando Alice assiste uma peça da Lydia, e logo apos o término da peça a familia se encontra para parabeniza-la pela ótima atuação, Alice se perde e faz perguntas para a filha como se não a conhecesse, Anna sua filha mais velha argumenta a mãe e a lembra de que se trata de sua filha Lydia, esquecimento dos filhos é a pior parte. Quando Alice já esta em um estagio avançado da doença, onde nem as palavras mais saem. Lydia se muda para junto da mãe, e é ela quem cuida do bem estar, lendo seus roteiros e futuras peças, o final é emocionante, Lydia não desiste da mãe, e ao seu lado o filme termina.
     Uma das frases ótimas de Alice "Preferia ter câncer! As pessoas fazem passeatas, me entendem quando ne vêem careca, e teria alguma chance de lutar. Agora qualquer coisa acreditam que estou mentindo"
     A pior coisa é ver Alice se esquecer dos filhos e netos, uma péssima sensação de quando ela se perde e sentimos que ela teme esquecer de amar. Ela deixa isso claro no trecho citado "Toda a minha vida eu acumulei memórias - elas se tornaram, de certo modo, os meus bens mais preciosos." Ela friza que o medo de perder as melhores coisas da vida é a pior parte para ela.
     "E por favor, não pense que eu estou sofrendo. Eu não estou sofrendo, eu estou lutando. Lutando para fazer parte das coisas, para ficar ligada a quem eu já fui. Então “viva o momento” é isso que eu digo para mim mesma. É realmente tudo o que eu posso fazer, viver o momento."
     Lute e viva o momento!!

Respondam as perguntas nos comentários.

- E se acontecesse com um parente seu? Oque faria? Contaria historias de familia, tentando resgatar as lembranças fortes?

- Se um dia acontecer conosco, qual o primeiro sentimento? Medo? Raiva?

Filme: "Simplesmente Acontece"



Eu como uma boa libriana um pouco romântica amo filmes nesse estilo, mas precisadamente os de comédia romântica, e nesse começo de férias comecei muito bem com o filme "Simplesmente Acontece", já que quero ler o livro uns spoilers são bem vindos e foi paixão logo na primeira cena.

"Os jovens britânicos Rosie e Alex são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro." Via mestre Google.

Além do toque romântico o filme tem uma pitada de comédia, dei boas ridas com a Rosie e suas peripécias do começo ao fim, ela é uma garota um pouco atrapalhada e a sua vida vira do avesso quando: ~spoiler alert!~ fica gravida acidentalmente de um dos caras mais populares do colégio, quando ela soube de sua gravidez decidiu que iria ter a criança e doar pois queria seguir seus sonhos, é nessa hora que surge a pergunta "Mas Mika, e o pai da criança?", é ele sumiu logo depois que soube que a Rosie estava gravida. Mas sua decisão logo mudou quando viu o rostinho de sua filha e decidiu ser a melhor mãe possível, é nesse momento que a sua vida vira REALMENTE do avesso. Já o Alex é um cara super calmo, atencioso e o melhor amigo que qualquer mulher quer ter, sua vida muda quando recebe a noticia de que foi aceito na universidade de medicina, mas ao longo dos anos, e as coisas não são como imaginava e os seus relacionamentos vão de mal a pior, mas isso não o impede de ir em busca de quem ama de verdade.
A amizade da Rosie e do Alex é uma das coisas mais fofas que pude ver pois eles se conhecem desde crianças, é lindo de se ver tanto em filmes quanto na vida real, é uma amizade simples, pura e real em todos os ângulos. 


Depois de tantos spoilers, tenho que admitir de uma vez que o filme é sensacional e já está na minha lista de preferidos! A frase "Deixe-o livre pra voar. Se voltar, é seu." nunca fez tanto sentido depois desse filme, se você ama algo ou alguém deixe o voar e mantenha a fé, o amor que ele irá voltar! Então faça como a Rosie e corre pro abraço e veja esse filme maravilhoso, logo mais o livro aparece por aqui, fiquem de olho. Espero que tenham gostado, compartilhem comigo, se já assistiram o filme e o que acharam 3bjks♥


 

"Só o som salva!" Vivendo do ócio no kickante



Hey babys! Como muitos sabem eu sou super fã da banda Vivendo do Ócio, já falei deles ~aqui~ e hoje irei falar novamente pois está vindo muita coisa boa por ai. VDO é um banda 100% independente agora e em breve será lançado o novo álbum "Selva Mundo", serão 15 dias de gravação a partir do dia 7 de Maio no estúdio El Rocha. Os meninos nessa nova fase contam com a ajuda de toda a patcharada (amigos, fãs, admiradores e etc) pra finalizar esse projeto que está pra nascer, o CD terá de 10 a 12 faixas com parcerias de grandes artistas da musica brasileira.
“Selva Mundo reúne toda a experiência e influências musicais que conquistamos nesses quase nove anos de banda. O público que nos acompanha cresceu junto com a gente e sentimos a expectativa deles para esse novo trabalho. Estamos ansiosos pelo resultado”  Jajá Cardoso  
O novo CD está previsto pra sair após (aproximadamente) um mês da etapa de gravação, fazer parte da historia da Vivendo do ócio é algo incrível e que ficará pra sempre registrado tanto no trabalho da banda quanto nos corações dos fãs. No financiamento coletivo tem varias opções de como apoiar os meninos e receber os kits exclusivos desenvolvidos especialmente/exclusivamente para a campanha. O melhor de tudo é que, quem apoiar irá receber tudo antes do lançamento oficial!
Pra ajudar os meus meninos, é só clicar aqui ~VDO no Kickante~ e colaborar!


Conheça um pouco mais sobre a banda Vivendo do Ócio → "Jajá Cardoso, Dieguito Reis, Luca e Davide Bori formam mais que uma banda, são uma família roqueira. Eles vivem juntos em São Paulo desde que se saíram da Bahia, fato que sucedeu a vitória no concurso GAS Sound, de 2008. Desde então, a banda lançou três álbuns de estúdio e levou o prêmio do VMB 2009 na categoria Aposta MTV concorrendo com grandes nomes da música brasileira. O álbum ‘O Pensamento É Um ímã’ que foi lançado em 2012 teve uma boa recepção do público rock no país, sendo que as faixas ‘Radioatividade’ e ‘Nostalgia’ são as cantadas mais efusivamente pela plateia durante os shows. No momento, a Vivendo do Ócio vem trabalhando na produção do seu novo álbum "Selva Mundo" que será produzido de forma 100% independente." 
Logo abaixo segue o vídeo dos meninos falando do projeto e a minha musica preferida "Radioatividade", espero que tenham gostado desse post, compartilhem comigo nos comentários se já conheciam a banda, qual é a musica preferida e se já colaborara no financiamento! 3bjks♥